Últimos Posts
Cultura

Teatro

Shows

Exposições

Noite

Festas

Esportes

Eventos Esportivos

Nasce uma "nova" Feira Cultural no Rio de Janeiro!

Publicado por: Daniel Pochintesta
sexta-feira, 29 de julho de 2011
Chegou ao fim a ameaça do fim da tradicional Feirinha do Choro na Rua General Glicério, em Laranjeiras, cuja decisão de seu encerramento - tomada pela prefeitura - foi bastante criticada por frequentadores e expositores. A prefeitura voltou atrás na decisão de proibir a atividade e vai regularizar os comerciantes!

A polêmica começou na semana passada, quando os feirantes foram avisados pela Secretaria de Ordem Pública que não poderiam mais montar suas tendas. Em pouco tempo, a notícia se espalhou, mobilizando moradores, comerciantes e simpatizantes da feira, que uniram esforços em protestos em redes sociais e abaixo-assinados.

Logo após receber a notificação, Tatiana Bravo, que é responsável pela comunidade virtual e expositora da feira, criou no Facebook o evento pela permanência do choro e da feira de artesanato da General Glicério que em apenas 3 dias já possuia mais de três mil pessoas confirmando a presença no protesto em prol da feirinha.

A mobilização popular, tanto no meio virtual quanto no boca a boca, foi fundamental e fez com que a prefeitura mudasse sua postura quanto à permanência da feira. Os feirantes conversaram com seus amigos e conhecidos sobre o que estava para acontecer e, de uma forma inesperada até mesmo para os feirantes, a repercursão disto foi muito maior do que a prevista.

De acordo com Leila do Flamengo, que coordena a 4ª Região Administrativa, a decisão inicial de acabar com a feira foi motivada por reclamações de moradores, que criticavam principalmente o excesso de bagunça, barulho e sujeira em decorrência da feira. Somente após a notificação da prefeitura aos feirantes é que houve uma negociação e, finalmente, um acordo.

Nestas negociações, ficou definido que seriam regularizados tanto os 14 expositores que trabalham diretamente na General Glicério como os 71 feirantes que vendem frutas e legumes no local. A roda de choro foi liberada, no entanto ficou proibido o estacionamento dos caminhões no entorno da feira, bem como a ampliação do número de vendedores. A feira, agora regulamentada, vai se chamar Feira Cultural da General Glicério.


Alguns dos grandes atrativos da feira, que começa bem cedo, são a barraca do Luizinho, com seus drinks especiais e CDs raros e também o grupo Choro na Feira, que a vários anos apresenta gratuitamente aos sábados o autêntico chorinho debaixo da frondosa árvore pata-de-vaca que fica na ponta da praça – exceto nos sábados de chuva, de aleluia e entre as festas de fim de ano.

O que mais já passou por aqui

Não podemos esquecer também dos outros posts mais antigos que também passaram por aqui. Confira abaixo alguns deles que deram o que falar!