Últimos Posts
Cultura

Teatro

Shows

Exposições

Noite

Festas

Esportes

Eventos Esportivos

... e se o público estivesse no palco?

Publicado por: Carioca Cult
terça-feira, 24 de janeiro de 2012

A partir de 26 de janeiro Andrea Elias, a Cia. Teatro Xirê e a Trânsito Produções apresentam programa duplo no Teatro Cacilda Becker, com as peças Esther Williams não quer mais nadar e Entrelace.

Em um palco ocupado por 40 cadeiras, cada pessoa que compõe o público é acomoda com cuidado, atenção e afeto, pela intérprete Andrea Elias. A partir de então Andrea gera, através da dança, uma zona de relação, um lugar a partir do qual emerge uma atmosfera de atenção entre os presentes, de reconhecimento do outro, de cuidado e de potência de criação entre os indivíduos. Neste local se cria artificialmente um dentro e um fora, com cadeiras desorganizadas ocupando o centro deste espaço (dentro) e outras mais periféricas (fora). A partir da distribuição do público a performer permite que suas ações transitem da cotidianidade ao impulso dançado, que sutilmente constrói a sequência coreográfica do espetáculo Esther Williams não quer mais nadar.

O corpo de Esther (Andrea Elias) flutua entre os corpos (público) como num espaço líquido e os impulsos da dança reverberam nos corpos do público que passa a ser parceiro neste jogo coreográfico. Os momentos de transição deflagram pequenos conflitos, vivenciados pela performer e pelo público, entre o ser e o não ser, o estar e o não estar, o querer e o não querer.

A partir do dia 28, o mesmo grupo de artistas traz ao palco o espetáculo Entrelace, voltado para a família. Como sugere o título, os movimentos se desenvolvem numa dinâmica que envolve e enlaça o público, sempre partindo de jogos populares tradicionais e de parlendas infantis. Assim, plateia de crianças e adultos é convidada ao encontro com o outro e a perceber, durante a performance, sutis espaços de relação e convivência.

Cada momento se desencadeia e enlaça o próximo a partir do movimento crescente e da transformação do momento anterior, como um novelo de linha que se desenrola pelo espaço cênico entre os corpos dos atores bailarinos e do público presente. Entre uma brincadeira e outra o público identifica a dança em lugares onde antes havia apenas o jogo e nas passagens dos momentos coreográficos reaviva-se a memória das brincadeiras que fazem parte do repertório de cada um de nós.

Esther Williams não quer mais nadar
Quando? das Quintas aos Domingos até 12 de fevereiro, às 19:30 hs

Entrelace
Quando? Sábados e Domingos até 12 de fevereiro, às 16:30 hs

Onde? Teatro Cacilda Becker
Rua do Catete, 338 - Largo do Machado
Quanto? R$ 20,00

O que mais já passou por aqui

Não podemos esquecer também dos outros posts mais antigos que também passaram por aqui. Confira abaixo alguns deles que deram o que falar!