Últimos Posts
Cultura

Teatro

Shows

Exposições

Noite

Festas

Esportes

Eventos Esportivos

Flores Astrais convida Disritmia


Com a promessa de proporcionar uma noite de prazer embalada ao som de duas pistas que "prometem fazer você molhar a camiseta", a festa Flores Astrais convida a festa Disritmia para animar a noite da sexta-feira, dia 24 de maio, no Espaço Marun, no Catete.

Na Pista 1, inspirada em uma música homônima dos Secos & Molhados, a festa Flores Astrais, comandada pelos DJs Fred zer01 e Pinga, emana vibrações libidinosas que reverberam ondas sonoras bailantes, esotéricas e carnais. Um lindo sonho delirante que viaja pelos universos musicais brasileiros e estrangeiros, fertilizando o que há de mais swingado, transgressor e sensual na pegada de Madonna, Rita Lee, Pepeu Gomes, Rolling Stones, Cássia Eller, Amy Winehouse, Caetano, Gil, Os Mutantes, The Doors, Ney Matogrosso, Sidney Magal e Claudinho & Buchecha, entre outros.

Na Pista 2, a festa Disritmia traz a difusão da música brasileira sem aprisionamentos; difundindo a vanguarda que relê a velha guarda e se inventa; conectando sul e norte, oitenta e doismil, brega e cult, com a DJ Lili Prohmann no comando da seleção musical.

Flores Astrais convida Disritmia
Quando? Sexta, 24 de Maio de 2013 às 23h
Onde? Espaço Marun
Rua do Catete, 124 - Catete
Quanto? Lista Amiga ou Flyer (até 00:30): R$ 15,00
Após 00:30: R$20,00

A casa aceita cartões. Entrada somente em dinheiro.

Não é permitida a entrada de menores de 18 anos.
Saiba mais...

Eu me amo. Eu me aprovo.

No mesmo andar de um prédio comercial no Catete trabalham a psicóloga Lurdes e o terapeuta “lifecoach” Cláudio. É um dia normal até que, voltando do almoço, Lurdes descobre que Marta, paciente que acabara de atender, matou-se na frente do seu consultório. Cláudio tenta ajudá-la com sua filosofia de pensamento positivo, porém é hostilizado por ela. Os dois declaram guerra e tentam seguir com o dia de trabalho. Mas no final do dia, Cláudio e seus três pacientes, mais Lurdes e sua outra paciente pegam o mesmo elevador, que enguiça. Sem ter para onde ir, os personagens são obrigados a interagir.

E viva a fauna humana! Eu me amo. Eu me aprovo. traz à cena personagens tão neuróticos quanto qualquer um – afinal, de perto ninguém é normal. Escrita e dirigida por Vinícius Arêas, é a estreia do Grupo Atorais, formado em 2012 por jovens atores e que tem como premissa montar textos inéditos. É também a primeira produção teatral da GMALTA Produções, empresa que vem investindo, desde o ano passado, em projetos que promovam o equilíbrio entre o tradicional e o novo.

Eu me amo. Eu me aprovo.
Quando? 24 de maio a 9 de junho de 2013
Sextas e sábados às 20h e domingos às 19h
Onde? Teatro Gonzaguinha (Centro Cultural Calouste Gulbenkian)
Rua Benedito Hipólito, 125 - Centro
Quanto? R$ 20,00 (inteira)
Saiba mais...

A Música de Tom Jobim e Cole Porter


Após sucesso em 2012, o espetáculo A Música de Tom Jobim e Cole Porter segue sua itinerância pela cidade do Rio de Janeiro, agora com a Camerata Diminuta, uma extensão do trabalho que começou com o nome de Duo Dani Spielmann e Deborah Levy.

Mateus Ceccato (cello) e Dhyan Toffolo (viola) somam seu virtuosismo a este trabalho, que reestréia com a nova formação de quarteto.

Composições de Tom Jobim e Cole Porter arranjadas para esta formação, num verdadeiro passeio pelo universo musical desses dois compositores, buscando nesta trajetória, os pontos de tangência entre suas obras.


A Música de Tom Jobim e Cole Porter
Quando? Domingo, 19/05/2013, às 19h
Onde? Sala Baden Powell
Av. N.S. de Copacabana, 360 - Copacabana
Quanto? R$ 20,00 (inteira)
Saiba mais...

I Secreti di Arlecchino

Reconhecido como um dos maiores nomes da Commedia dell'Arte, ganhador do Arlecchino d'Oro – premiação máxima dedicada a este gênero na Europa – por seu personagem em Arlecchino all'inferno, o italiano Enrico Bonavera realiza há mais de 5 anos, em terras brasileiras, intercâmbios artístico-pedagógicos com o Grupo Teatral Moitará, como o que acontece no dia 17 de maio de 2013, às 19h, no Teatro Serrador, com apresentação única - e gratuita - do espetáculo I Secreti di Arlecchino, um encontro divertido e apaixonado com as principais personagens da Commedia dell’Arte: Pantaleão, Capitão, Brighela, Doutor, Pulcinela e Arlequim, revelando o caráter e os instrumentos de trabalho destas personagens e abrindo uma janela sobre as diversas realidades do homem e suas possíveis representações. A apresentação será em italiano, com tradução simultânea para o português e para LIBRAS.

Enrico Bonavera chegou ao Rio de Janeiro no último sábado, dia 11 de maio, para ministrar oficina pública de Commedia dell'Arte na sede do Grupo Teatral Moitará, no período de 13 até 17 de maio.

Este intercâmbio faz parte do projeto Máscara Teatral – Poesia da Imaginação, contemplado pelo Prêmio Funarte Myriam Muniz/2012, em comemoração aos 25 anos do Grupo Teatral Moitará.

I Secreti di Arlecchino
Quando? 17 de maio de 2013, às 19h
Onde? Teatro Serrador
Rua Senador Dantas, 13 - Centro
Quanto? GRÁTIS
(Mediante distribuição de senhas no local, 1 hora antes do início da apresentação)

Mais informações pelo telefone (21) 2220.5033
Saiba mais...

Charlotte Rampling - Álbuns Secretos

Crédito da foto: Charlotte Rampling

O Centro Cultural do Banco do Brasil Rio marca a abertura da sexta edição do FOTORIO 2013 - Encontro Internacional de Fotografia do Rio de Janeiro, com a inauguração da exposição Charlotte Rampling - Álbuns Secretos no dia 27 maio, às 19h, no 4º andar do CCBB. A mostra ficará aberta ao público de 28 de maio a 21 de julho, no quarto andar do CCBB-RJ e tem entrada franca.

Apresentada pela primeira vez ano passado em Paris, a exposição Charlotte Rampling – Álbuns Secretos será dividida em duas salas, apresentando Charlotte Rampling na frente e atrás das câmeras. Neste encontro com Charlotte, os visitantes conhecerão ensaios em 24 poses assinados por alguns dos mais importantes fotógrafos do século 20, tais como: Bettina Rheims, Helmut Newton, Alice Springs, Jeanloup Sieff, Cecil Beaton, David Lynch, David Bailey, Norman Parkinson, Juergen Teller, Jacques Bosser, Peter Lindbergh e Paolo Roversi.

Crédito da foto: Charlotte Rampling
Para chegar à intimidade da atriz, o público passa para a segunda sala por um portal onde seus álbuns secretos serão desvendados aos poucos. Ao fundo, uma cópia do mural fotográfico (de 2.40m x 2.90m) que ela montou ao longo de 30 anos, em seu escritório, em Paris. Fotos de família, dos filhos Barnaby e David, dos amigos, sua vida familiar. Na mesma sala, uma vitrine com seus álbuns de secretos, mostrados pela primeira vez, com as fotos de sua infância, sua adolescência, imagens que expressam um hino à vida, e também o apetite de suas viagens no Extremo Oriente.

No mesmo ambiente, uma vídeo instalação com monitores de TV transmitindo uma música original, composta especialmente por Jean Michel Jarre, ex-marido da atriz, para esta exposição.

Charlotte Rampling - Álbuns Secretos apresenta, em dois grandes momentos, a personalidade de uma estrela que sempre foi envolvida por um mistério refletido estranhamente por seu olhar. De um lado, fotos que ela inspirou os grandes nomes do século 20 e, de outro, abrindo generosamente seus álbuns de família, revelando a vida de uma mulher comum, fotografando sua intimidade. Porque, Charlotte Rampling é “une femme pas comme les autres”.

Charlotte Rampling - Álbuns Secretos
Quando? Terças a Domingos, de 28 de maio a 21 de junho de 2013
Onde? Centro Cultural Banco do Brasil
Rua Primeiro de Março, 66 – Centro, salas 8 e 26 do 4º andar
Quanto? Entrada franca

Mais informações pelo telefone: (21) 3808-2020
Saiba mais...

Felicidade

Nas palavras de Cristina Fagundes, autora e diretora da montagem teatral, "Felicidade aborda um assunto precioso e que diz respeito a todos nós: a busca pela felicidade. Num momento em que a humanidade vive o mal do stress, a pressão do mercado de trabalho, a correria do mundo atual, pesquisar o que realmente importa, o que faz a diferença entre se levar uma existência feliz ou apenas sobreviver é algo muito valioso. Muitas vezes só paramos para fazer o que realmente nos traz felicidade quando nos deparamos com uma doença fatal, quando nos deparamos com nossa finitude, aí, somente aí, nos permitimos viver a vida que realmente gostaríamos de viver e não a que deveríamos viver".



A peça propõe uma reflexão sobre a Felicidade: a morte decide dar uma segunda chance a 4 pessoas que deveriam morrer em situações diferentes, mas num mesmo instante, desde que elas descubram em 24 horas a felicidade. Na trama, um cantor de churrascaria, uma pequena órfã, uma dona de casa e um oportunista terão que sair de suas zonas de conforto, enfrentar medos, trocar o certo pelo duvidoso e encontrar o que realmente os torna felizes. A montagem provoca uma reflexão sobre o que fazemos da nossa existência, sem a felicidade plena, seja ela na profissão, no amor, na sexualidade...

A história é um misto de drama/humor e pretende reavaliar a importância da vida que só é questionada diante de tragédias pessoais ou doenças terminais. Quem nunca se deparou cursando uma faculdade só para agradar aos pais? Que não desistiu de um grande amor por questões sociais? Quem não tem medo de largar a estabilidade para montar um projeto totalmente diferente? Em cada canto há uma história de felicidade sufocada pelo medo ou comodidade. Contudo, o espetáculo mostra que a morte pode dar uma segunda chance, e reavivar a necessidade de ser feliz. No elenco Ana Paula Novellino, Bruno Bacelar, Jorge Neves e Renato Albuquerque.

Felicidade
Quando? 3 a 26 de maio de 2013
Sextas e sábados, às 21:30h e Domingos às 20h
Onde? Teatro Municipal Maria Clara Machado
Av. Padre Leonel Franca, s/n - Gávea
Quanto? R$ 40,00 (meia-entrada R$ 20,00)

Mais informações pelo telefone (21) 2274.7222
Saiba mais...

Buscadores

Após ser exibida em individuais na Dinamarca, Rússia, Argentina e Bolívia e participar de coletivas nos EUA e Irlanda, a premiada série Buscadores, do fotógrafo Calé, finalmente, poderá ser vista no Rio de Janeiro a partir do dia 3 de maio, às 19h, na Galeria do Ateliê. A exposição, que tem curadoria de Angela Magalhães e Nadja Peregrino, apresentará quatorze imagens em grandes formatos da série produzida entre 2010 e 2013. Visitação até 29 de junho de 2013. O Ateliê da Imagem fica na Avenida Pasteur, 453, Urca (2541-3314). Entrada franca.

A série Buscadores, vencedora em 2011 do III Concurso Iberoamericanos, propõe uma análise de como o indivíduo vive, se adapta e se conforma dentro das grandes cidades. O artista acredita que “ao crescermos nos distanciamos da nossa essência, à medida que nossa espontaneidade é reprimida.” Os anti-retratos, imagens estouradas sem informação sobre as pessoas, são um convite para os espectadores projetarem suas histórias e emoções.

Fotógrafo profissional há 16 anos, Calé já contribuiu com publicações como National Geographic Brasil e Japão, Newsweek, NY Times, Vogue, GQ, Trip e Playboy entre inúmeras outras. Há três anos vem se dedicando ao trabalho autoral. Seu trabalho reflete o universo de vivências interiores, onde predominam os conflitos relacionados ao amor, sexualidade, identidade e espiritualidade. Vem expondo na Dinamarca, Rússia, EUA, Argentina, Irlanda e Bolívia.

Série Buscadores
Quando? 3 de maio a 29 de junho de 2013
Onde? Ateliê da Imagem
Avenida Pasteur, 453 - Urca
Quanto? Entrada Franca
Saiba mais...

VIII RioHarpFestival

O RioHarpFestival é a maior série de concertos de harpa no Brasil e uma derivação do projeto Música no Museu, em seus concertos de outono. Ganhou importância internacional e, hoje, é um dos maiores festivais de harpa do mundo.

Consolidado na agenda cultural carioca, o RioHarpFestival amplia o espaço dedicado à música de boa qualidade, mostrando-se, assim, uma iniciativa convergente com o momento propício do estado do Rio de Janeiro e do país, especialmente em função de importantes eventos que acontecerão aqui, como a Copa do Mundo de 2014 e os Jogos Olímpicos de 2016 no Brasil.

O RioHarpFestival chega a sua oitava edição no ano de 2013 como um produto cultural sólido e de carreira contínua, apresentando ao público nomes consagrados da harpa e promovendo sua habitual volta ao mundo em torno do som deste que é um dos mais antigos instrumentos musicais da história da humanidade.

Os concertos, diários e gratuitos, serão realizados de 1 a 31 de maio de 2013 em diversos cartões postais da cidade. A ideia é privilegiar a música de boa qualidade, sem distinção de procedência, escola ou época, da música medieval aos clássicos europeus, dos românticos aos impressionistas, dos modernos aos contemporâneos brasileiros.

Confira a programação completa da edição 2013 do Festival clicando aqui.

VIII RioHarpFestival
Quando? 1 a 31 de maio de 2013
Onde? Pontos turísticos da cidade do Rio de Janeiro
Quanto? Entrada Franca
Saiba mais...

Apesar do Amor



Erasmo e Valério são dois jovens cavalheiros que disputam o amor da bela Lucilia. Esta dá clara preferência à Erasmo, mas Valério assegura que se encontra com ela na calada da noite. Lucilia jura que não. Quem estará mentindo? Este é o fio inicial de um emaranhado de mal-entendidos amorosos que Moliere explora brilhantemente na comédia Apesar do Amor, de sua fase inicial, sua primeira a chamar atenção dos palcos parisienses.

No imbroglio amoroso, ainda entra as histórias amorosas dos criados Renatão e Marinette (espécie de paródia grotesca do lirismo do triângulo amoroso dos patrões), além do irmão de Lucilia, Ascânio, envolvido em uma complicada troca de sexo, e os pais de Valério e Lucilia, (Alberto e Polidoro), que escondem segredos que literalmente viram a história de cabeça pra baixo.

Apesar do Amor é a primeira encenação brasileira do texto de Moliére Le Depit Amoreux. A tradução e adaptação do original foi feita por Ivan Fernandes, vencedor do Prêmio Zilka Salaberry 2011 pelo espetáculo Leonardo, o Pequeno Gênio da Vinci. Para criar o universo da peça - formado pelos típicos desencontros amorosos entre casais de patrões e criados sempre abordados na commedia dell’Arte - o elenco, formado pelo grupo Teatro Gas, se preparou por mais de seis meses de ensaios.

Embora seja basicamente fiel à trama criada por Moliére, o espetáculo não foge das referências modernas à cultura pop. Esta é uma das chaves do humor da peça: a convivência entre elementos clássicos e modernos. "A comédia parte de um tema clássico para falar do amor de hoje em dia. O objetivo é rir do lado patético que toma conta de todos os apaixonados, algo que não mudou entre os seres humanos mesmo com séculos de evolução", afirma o diretor Ivan Fernandes.

Os figurinos, dentro da proposta, brincam com a estética francesa do século XVII, mas não são recriações históricas, e sim divertidas brincadeiras teatrais. A trilha sonora é formada por hinos da música brega brasileira, a melhor para tratar dos descaminhos, desventuras e desilusões amorosas nos quais se inscreve a trama da peça. Os cenários procuram passar a ideia de um jardim de palácio francês, que abrigava os divertimentos – teatrais e, por que não, amorosos – dos nobres franceses.

A principal força dessa comédia é o trabalho dos atores, que precisam se entregar sem restrições ao patético amoroso – um terreno por onde todos, elenco e platéia, já patinaram na vida. Cabe aos atores recordar, e à platéia se identificar e rir dessas recordações.

Apesar do Amor
Quando? Terças e Quartas, até 15/05/2013, às 21h
Onde? Teatro Maria Clara Machado - Planetário da Gávea
Av. Padre Leonel França, 240 - Gávea
Quanto? R$ 30,00 (meia-entrada R$ 15,00)

Mais informações: www.teatrogas.com.br
Saiba mais...

O que mais já passou por aqui

Não podemos esquecer também dos outros posts mais antigos que também passaram por aqui. Confira abaixo alguns deles que deram o que falar!