Últimos Posts
Cultura

Teatro

Shows

Exposições

Noite

Festas

Esportes

Eventos Esportivos

Rock in Rio apresenta line up do Palco da Rock Street Brasil

Publicado por: Carioca Cult
terça-feira, 7 de abril de 2015

Rua temática traz o Brasil como foco, uma homenagem da edição de celebração dos 30 anos do evento




A Rock Street volta à Cidade do Rock do Rio de Janeiro em setembro. Dessa vez, o tema será o Brasil, uma homenagem do festival ao país que fez dele uma realidade, há 30 anos. A rua eclética, que nasceu na edição carioca do Rock in Rio, em 2011, é um espaço lúdico, aberto a diversas manifestações artísticas. Além de lojas, bares e restaurantes, o público encontra na Rock Street, durante todos os dias do evento, shows, a Cia. de Dança Carlinhos de Jesus, grupos de capoeira e percussão, baiana e Bumba Meu Boi.

A Rock Street é um caldeirão de diferentes atrações e manifestações artísticas. "A Rock Street é um ambiente aberto, divertido, alegre e descontraído, uma mistura de musica e arte de rua espalhado pelos seus mais de 150 metros de comprimento, pelas calçadas e no palco central. O público pode interagir com os artistas, pedir uma música, cantar e dançar junto ou simplesmente relaxar passeando pelas 20 lojas e bares que dão vida a cada uma das casas da cenografia.", descreve Roberta Medina, vice-presidente do Rock in Rio.

Entre os shows, que acontecem diariamente no palco montado na rua mais eclética do Rock in Rio, haverá a participação especial de João Donato (18/9) e Marcos Valle (27/9), dois ícones da bossa nova, regravados no mundo todo e que aceitaram o desafio de participar do projeto da Rock Street.

Dando vida à Rock Street Brasil, seus curadores trazem o malandro da Lapa (bairro mais boêmio do Rio de Janeiro), evidenciado por Carlinhos de Jesus e sua Cia de Dança a partir de performances elaboradas especialmente para o evento.

E o que é que a baiana tem? A personagem mais típica da Bahia e famosa no mundo inteiro pelo verso de Dorival Caymmi, eternizado na voz de Carmem Miranda, também estará na Rock Street, com seu tabuleiro de vatapá, caruru, mungunzá e umbu. Em sua mistura de dança, jogo e luta, a capoeira também será representada nesta festa tão brasileira na Rock Street.

A encenação do Bumba Meu Boi na Rock Street - lenda que se passa na divisa entre Pernambuco e Bahia e que mostra o tipo de relação de poder entre escravos e senhores de engenho e suas crenças religiosas - será contada através de um boi cenográfico, que será manipulado por artista especializado nesse folclore.

O line-up:

18 de setembro

João Donato - Com 80 anos e alma de menino, João Donato é um dos ilustres convidados da Rock Street. O precursor da Bossa Nova esteve na Cidade do Rock em 2010, quando se apresentou com a cantora Céu no Palco Sunset. Versátil, e com 50 anos de carreira, João Donato ultrapassou a barreira de estilos e gerações. O músico já trabalhou com artistas como João Gilberto, Sérgio Mendes, Tom Jobim, Cazuza, Carlinhos Brown, Nelson Motta, Chico Buarque, Caetano Veloso, Black Eyed Peas e Gilberto Gil. Ainda menino, chegou ao Rio de Janeiro e, com 25 anos, seguiu para os EUA. Ele se uniu a músicos do jazz e do jazz latino e voltou para o Brasil durante o movimento tropicalista. Para a sua apresentação na Rock Street Brasil, Donato fará show com a banda Bixiga 70, divulgando o trabalho do seu novo CD Donato Elétrico, em um pré-lançamento do disco.

Rabo de Lagartixa - Criado em 1992, o grupo carioca Rabo de Lagartixa tem dois discos na bagagem. O peculiar nome do grupo é uma referência aos répteis pelas suas habilidades especiais como o mimetismo e a capacidade de regeneração, já que o som do grupo é caracterizado por uma mistura de ritmos e estilos, nacionais e internacionais, demostrando para o público a sua própria capacidade mimética. O primeiro disco do grupo conta com a participação de Elza Soares e Pedro Luís e a Parede. Com um swing particular, o Rabo de Lagartixa funde o som do sax soprano, do cavaquinho e do violão de sete cordas ao contrabaixo acústico.

Joyce Cândido - Formada em piano clássico pelo Conservatório Carlos Gomes e graduada em Música em Londrina, a paulista Joyce Cândido encanta por sua voz versátil. A cantora brasileira, premiada na categoria de Melhor Cantora Brasileira nos Estados Unidos, com o Brazilian International Press Awards em 2011, ganhou destaque ficando ao lado de nomes como Marcos Valle e Luiz Fernando Veríssimo. Joyce saiu do interior de São Paulo para Nova Iorque, local em que passou três anos aperfeiçoando seu talento em canto, dança e teatro. Em 2006 lançou o seu primeiro CD, Panapaná, com produção de João Vidotti. Cinco anos depois, estreou seu segundo disco, O Bom e Velho Samba Novo, produzido por Alceu Maia. Do Rio de Janeiro a Europa, a cantora atualmente se prepara para a gravação do primeiro DVD da sua carreira.

19 de setembro

Motorocker - Com mais de 20 anos de carreira, a banda Motorocker começou com singles autorais como os hits Salve a Malária, Blues do Satanás e Tocando o Horror. O grupo começou a fazer covers, sendo considerada, em 1996, a melhor banda cover do AC/DC no mundo pelos irmãos Young e por Brian Johnson. Sem abandonar o seu trabalho autoral e com um som repleto de repleto de riffs pesados, batidas nervosas e vocais rasgados, Motorocker já dividiu o palco com bandas como Motörhead, Deep Purple, Suicidal Tendencies, Sepultura, Iron Maiden, Guns`n`Roses e Twisted Sister. Em 2014, o grupo lançou o álbum Rock Brasil, que mistura o blues ao heavy metal típico dos anos 80 e 90.

República - O Republica retorna à Cidade do Rock em 2015. O grupo se apresentou em 2013 no Palco Sunset com Dr. Sin e com o guitarrista Roy Z. O grupo brasileiro de heavy metal lançou seu primeiro álbum em 1996. Com uma ousadia típica do Rock’n’Roll, a banda inovou no disco com uma regravação de País Tropical, que contou com participação do próprio compositor Jorge Ben Jor. A banda foi o responsável pelo show de abertura para a turnê brasileira do Deep Purple, em 2011. A revista Rolling Stone elegeu o single Change My Way como a Melhor Música de Heavy Rock de 2013. O terceiro álbum da banda, Point Of No Return, também ganhou destaque pela revista sendo avaliado com 4 estrelas.

KroW - Considerada pela Revista Rolling Stone uma das bandas mais interessantes dos últimos anos, KroW foi criada no Triângulo Mineiro, em 2007. A banda de death metal já dividiu o palco com grandes nomes do metal nacionais e internacionais como Ratos de Porão, Possessed, Dimmu Borgir, Sepultura, Arch Enemy, Haemorrage, Sinister, Decapitated e Gojira. KroW é um dos principais nomes do Thrash/Death Metal nacional e gravou o mais novo EP, Relentless Disease, na Suécia, a convite do produtor Ronnie Bjornström.

20 de setembro

João Sabiá - Com mais de 10 anos de carreira, o cantor carioca João Sabiá começou cedo no mundo da música e com apenas 16 anos começou a compor, em parceria com o irmão Guiga Sabiá. Mesclando o samba, a bossa nova e o soul, João ganhou mais destaque na mídia após a sua participação no programa FAMA, da TV Globo, em 2004, no qual ficou em os três finalistas do concurso. O músico vem conquistando novos espaços, e em março de 2012, foi pela primeira vez a Europa para seis apresentações com artistas brasileiros. O cantor passou por Londres, Amsterdam e Paris.

Rodrigo Shá - Entre a bossa nova e a música eletrônica, o multi-instrumentista e produtor musical Rodrigo Sha é mais uma das atrações da Rock Street. O artista tem no currículo prêmios importantes como a música Tema Cristo Redentor 80 anos (2012); Melhor instrumentista da cena eletrônica pela revista Dj Sound (2014); e Melhor Álbum Eletrônico pelo 25º prêmio da música brasileira em 2014. Sha também foi indicado ao prêmio de Melhor Disco Nacional e Melhor Live Act pela Coll Magazine. O artista possui quatro álbuns solos e já se apresentou na Europa, Estados Unidos, América Latina, Austrália e Ásia.

Gabriel Moura - O cantor Gabriel Moura, sobrinho do Maestro Paulo Moura, é um dos maiores compositores da atualidade no Brasil. Responsável por letras de sucesso como Burguesinha, Mina do Condomínio, Amiga da Minha Mulher, Gabriel vem ganhando destaque no cenário musical nacional. O artista carioca indicado ao Prêmio Profissionais da Música 2015 na categoria Intérprete Groove POP, pelos singles Miss Favela e O Certo, sendo esse uma parceria com Milton Nascimento. O cantor que já participou do Festival BACK2BLACK cantando ao lado de Alcione, Mart’nalia, Fernanda Abreu e Xande de Pilares, já trabalhou com outros grandes nomes da musical nacional como Gilberto Gil, Zeca Pagodinho, Alceu Valença, Elza Soares, Wilson Simoninha, e Paula Lima. Duas vezes ganhador do Grammy Latino de Melhor Álbum, MPB e POP, de 2007 e 2009, Músicas Para Churrasco Vol.1 e Seu Jorge - América Brasil respectivamente, com o seu de a criação de repertório autoral e de direção artística.

24 de setembro

Age of Artemis - A banda de metal Age os Artemis foi criada em 2009. O reconhecimento do talento do grupo veio já no álbum de estreia, Overcoming Limits, produzido por Edu Falaschi (Ex-Angra, Almah) ganhando destaque em grandes revistas e sites especializados e sendo considerada a banda revelação de 2011. Ao assinar contrato com a gravadora japonesa King Records, Age of Artemis invadiu o território asiático. Em 2014, lançou o seu segundo álbum, The Waking Hour, sendo capa da revista Hell Divine por dois números. Além da divulgação do disco no Japão (King Records), Europa (Power Prog) e no Brasil, o álbum ganhou espaço nem revistas como Roadie Crew, Whiplash e em programas de televisão como Leitura Dinâmica, da Rede TV.

About2Crash - Com um blend de groove, melodia e rock agressivo, nasceu o About2Crash. Dona de um som único, a banda aborda temas polêmicos, muitas vezes controverso, e atuais em suas composições. Formada por músicos reconhecidos no cenário do metal, o grupo é formado por Theo Vieira, filho do pianista Amaral Vieria e com mais de 20 anos de carreira (vocal); Aquiles Priester, que foi o primeiro baterista brasileiro a entrar para o ranking da revista américa Modern Drummer (bateria); Luiz Mariutti considerado um dos dez melhor baixista do mundo pela revista Burrn! (baixo); pelo co-produtor Anderson Carlos, com quase 20 anos de carreira sendo um dos fundadores da banda Holy Sagga (guitarrista), e o DJ Vinicius Neves, que iniciou a carreira como critico musical (vocalista). Juntos o grupo tem um know-how de heavy metal incrível passando por bandas como Shaman, Holy Sagga, Angra e Firebox. A banda, que possui um pouco mais de um ano de existência, conta com singles de sucesso como Supertaster, Liar e Buried Alive.

Eminence - Em 1995 nascia a banda mineira de heavy metal Eminence, criada pelo guitarrista Alan Wallace. Saindo de Minas Gerais para o mundo, o grupo ficou em terceiro lugar no ranking nacional e já participou de festivais como South by Southwest e Rock Al Parque. Em 1998, o Eminence abriu o show da banda Dinamarquesa Mercyful Fate no Brasil, evento que impulsionou o grupo a sair em turnê pela Europa. Com 20 anos de estrada, a banda já se apresentou em países como Colômbia, Nova Zelândia, Estados Unidos e Suriname.

25 de setembro

Wilson Sideral com Luana Camarah - Em uma parceria especial, Wilson Sideral e Luana Camarah se apresentam na Rock Street. O trabalho de Wilson vai além do seu talento como cantor, Sideral também é compositor, guitarrista e produtor musical. O cantor mineiro mistura elementos de rock, soul, MPB e blues em sua música. Com indicações aos prêmios Grammy Latino e Multishow de Música Brasileira, Wilson Sideral é reconhecido por hits como canções Foi Preciso Você, A Promessa e 24 Horas. Luana Camarah lançou o seu primeiro álbum em 2008, Siga o Sol, vendeu mais de 50 mil cópias. Conhecida pelo single No Meu Lugar, que ficou em primeiro lugar nas rádios do interior paulista.

Baia - Maurício Simão de Moraes, o Baia, veio morar no Rio de Janeiro, vindo da Bahia, com apenas 13 anos e adotou a cidade como seu lar. O cantor começou a carreira nos anos 90, com a banda Baia e RockBoys e, em dezembro de 2006, lançou o seu primeiro álbum solo, Habeas Corpus. Além do seu trabalho como cantor, Baia é compositor e suas letras abordam temas do cotidiano e da existência humana. Retornando à Cidade do Rock, ele esteve no Rock in Rio 2011, o artista é uma das atrações da Rock Street Brasil. Dono de singles de sucesso como Habeas Corpus, Bicho Homem e A Trilha Sonora da Vida, o cantor já trabalho com outros nomes de importantes do cenário musical como Zé Ramalho, Nicolas Krassic, Edu Krieger e Dé Palmeira. Outro projeto de sucesso foi a participação no DVD "O Baú do Raul", que ganhou disco de platina, em 2004, com 150 mil cópias vendidas. O versátil artista é reconhecido não apenas por suas letras inusitadas, ritmo contagiante e voz única, mas também pelas suas apresentações marcantes.

Bula - Com um nome que causa curiosidade, a banda escolheu o nome inspirado no termo Bula Pontifícia, que faz referência à apresentação de um documento pontifício lacrado com uma pequena bola (do latim "bulla"), de cera ou metal. A escolha do nome resume a parceria entre os músicos Marcão Britto (voz e Guitarra), André Ruas (bateria), que faziam parte do Charlie Brown Junior e Lena Papini (baixo), ex-integrante da A Banca. Para surpresa do público, Marcão mostra o seu lado como cantor além do seu trabalho já reconhecido trabalho como guitarrista. Com uma sonoridade única, a banda foi criada a partir do apoio dos fãs, além da vontade dos músicos em continuarem brindando o público com o seu talento.

26 de setembro

George Israel - Conhecido pelo seu trabalho com o grupo Kid Abelha, George Israel encanta o público com o seu talento. O artista, de 2007 até 2010, lançou 2 CDs solo, gravou um DVD e saiu em turnê. Paralelamente ao seu trabalho com o Kid de Abelha, George também atua como DJ e mantém a sua carreira solo. Responsável por hits como Brasil e Solidão Que Nada, Te amo pra sempre e canções suas com Paula Toller como Eu Tive um sonho, Israel é reconhecido pelo seu entre inconfundível saxofone. George também solta a voz, o violão e surpreende como artista completo.

Rodrigo Santos - Além do seu trabalho como cantor, Rodrigo Santos é compositor e atualmente está escrevendo dois livros, uma biografia e um livro sobre a vida na estrada. O artista ficou conhecido como baixista do Barão Vermelho há 23 anos, e, em 2007, iniciou sua carreira solo. Além do seu trabalho no grupo Barão Vermelho, Rodrigo também tocou com Lobão, Kid Abelha, Blitz e Moska. Com uma presença marcante nas décadas de 80, 90 e 2000, Rodrigo abriu cinco shows dos Rolling Stones e ganhou uma medalha do príncipe da Inglaterra com os Britos, em 2006. Ao longo da sua carreira, Rodrigo vendeu mais de 8 milhões de discos, gravou 10 DVDs, fez turnês nacionais e internacionais com vários artistas. O cantor participou de todas as edições anteriores do Rock in Rio, exceto em 1985 em que esteve na Cidade do Rock como espectador. Rodrigo esteve com Lobão em 1991, em 2001 com Barão Vermelho e em 2011 e 2013 fez grandes shows solo no palco Rock Street. A banda de Rodrigo e inclui o guitarrista do Barão Vermelho Fernando Magalhães e o ex-baterista do Kid Abelha, Kadu Menezes.

Autoramas - Uma das principais bandas independentes do cenário musical nacional, o Autoramas esteve na Cidade do Rock em 2013, no Palco Sunset, e foi eleito pelo jornal O Globo como O Melhor Show do Ano. A banda, que mescla o rock’n’roll dos anos 60 e o New Wave foi uma das mais premiadas no VMB da MTV, em 2005, quando recebeu três prêmios. O grupo já se apresentou no Japão, Inglaterra, Uruguai, Argentina, Portugal, Espanha, França, Itália, Suíça, Alemanha, Bélgica e Holanda.

27 de setembro

Maria Luiza - Maria Luiza é uma talentosa artista da boa safra da nova geração da música popular brasileira. Cantora e compositora, gosta de experimentar sons, letras em diferentes idiomas e mistura tudo com naturalidade. Aos 13 anos, Maria Luiza fez seu primeiro show em Florianópolis surpreendendo o público, que lotou o anfiteatro, com sua voz madura e a ousadia do repertório. Nos anos seguintes se apresentou nas melhores casas de Florianópolis em shows próprios ou abrindo shows de artistas renomados como Ed Motta, Andrew Bird, Fernanda Takai, Andy Summers & Roberto Menescal e Selah Sue. Em 2014 gravou seu primeiro CD, com produção de Rodrigo Campello, lançado em março deste ano.

Marcos Valle - Muito além do seu trabalho como cantor, o multifacetado artista Marcos Valle também é compositor e produtor musical. Com mais de 500 canções na bagagem, seu trabalho já foi gravado por artistas como Jay Z, Sarah Vaugahn, Dizzy Gillespie, Dave Brubeck, Astrud Gilberto e Sergio Mendes. Dono de um estilo único, que embala o público, o artista é conhecido como um dos principais nomes ligados à bossa nova, mais especificamente à "segunda onda" do gênero. Bicicleta, Viola Enluarada, Samba de Verão e Este teu olhar são alguns dos singles inesquecíveis do artista.

BossaCucaNova - Misturando a Bossa Nova e os Afro-Sambas, mesclando o violão com as batidas de vinil, surgiu o grupo BossaCucaNova. Formada por Marcio Menescal, filho do pioneiro da Bossa Nova Roberto Menescal, por Alex Moreira e por Marcelinho Da Lua. Entre o passado e o presente, esse é o ritmo do trio que funde o melhor dos dois mundos com as participações de artistas de peso como Wilson Simoninha, Maria Rita e Elza Soares. Com singles como Adeus América, A pedida é samba e Deixa pra lá, o grupo contagia com o seu balanço alegre e cativante. Passando por festivais como Roskilde, North Sea Jazz e Hollywood Bowl, BossaCucaNova foi indicada ao Grammy Latino de Melhor Álbum Pop Contemporâneo, por Brasilidade, em 2002. O hit Nossa Onda É Essa, ficou no topo das paradas do iTunes World Chart, logo no segundo dia do lançamento, em destaque no Estados Unidos.


O que mais já passou por aqui

Não podemos esquecer também dos outros posts mais antigos que também passaram por aqui. Confira abaixo alguns deles que deram o que falar!